News

Como vender um carro usado acima da tabela FIPE?

Como vender um carro usado acima da tabela FIPE?

Está pensando em vender seu carro mas tem duvidas na hora de precificar? Fique atento aos critérios que deve-se levar em consideração. 

Quando a pessoa decide vender seu carro usado a grande dúvida que surge é: Por quanto vender? É então que a tabela FIPE dá o auxílio nesse momento, apesar de ser deixado de lado muitos fatores para precificar, os preços listados reflete o preço médio no mercado nacional e não se trata de uma tabela oficial. A descrição oficial da tabela define que “os preços efetivamente praticados variam em função da região, conservação, cor, acessórios ou qualquer outro fator que possa influenciar as condições de oferta e por um veículo específico”.

A tabela não considera quilometragem, instalação de acessórios e estado de conservação. O primeiro passo é analisar como está o mercado para o modelo que deseja colocar à venda, alguns dos critérios que deve pesquisar são os sites de classificados, veículos do mesmo modelo, cor, ano, quilometragem e região antes de precificar seu carro. Segundo Henrique Cavalhieri, gerente da DEKRA Brasil, os critério mais importantes a serem avaliados são: Estado de conservação, região, cor e histórico do veículo

A marca do carro é um fator de precificação. De acordo com um estudo feito pela InstaCarro, as marcas que vendem mais rápido são Toyota, Hyundai, Honda, Ford e Chevrolet, dessa forma deve ser considerado custo de manutenção e disponibilidade de peças para reposição. Os mais difíceis são Peugeot e JAC, por esse motivo são desvalorizados na hora da venda.

Por isso, é importante pesquisar todos os fatores que podem desvalorizar seu carro antes de precificar. A InstaCarros dados obtidos em estudos, esses dados é de janeiro/2017 a dezembro/2017

Marcas que vendem mais rápido

  • Honda
  • Hyundai
  • Toyota
  • Chevrolet
  • Ford

Desvalorização do carro por ano
Ano do modelo/ Desvalorização (%)

  • 2018: -24%
  • 2017: -28%
  • 2016: -31%
  • 2015: -41%
  • 2014: -51%
  • 2013: -60%
  • 2012: -69%
  • 2011: -76%

Desvalorização do carro por tipo de problema
Tipo de problema/Desvalorização (%)
Cada 10.000 km: -0,5%

  • Motor: -9%
  • Estrutura: -8%

Desvalorização do carro pelo histórico
Acontecimento/Desvalorização (%)

  • Leilão: -9,2%
  • Roubo/Furto: -3,5%
  • Sinistro: -6,9%

Probabilidade de desenvolver um problema de motor de acordo com a idade do carro
I
dade (anos)/ Probabilidade (%)

  • 1: 15%
  • 2: 20%
  • 3: 25%
  • 4: 30%
  • 5: 35%
  • 6: 40%
  • 7: 45%
  • 8: 50%

 

 

FONTE: Revista Auto Esporte

Precisa falar com a gente?

Para orçamentos, parcerias, dúvidas, compras e mais nós estamos disponíveis nos seguintes canais:

TEL: (41) 3378-6200 / TELEVENDAS: (41) 3094-3886
EMAIL: vendas@genioferramentas.com.br 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *